Círculos Criativos | metodologias abertas para fluir, colaborar e realizar

A oficina integra o programa Espaço do Olhar do Instituto Tomie Ohtake e propõe um percurso de exercícios e reflexões, individuais e coletivos, que convidam à prática de empreender a si mesmo, cuidando das mudanças e realizações pessoais com consciência e sensibilidade,

 

Os participantes percorrem quatro elementos arquetípicos – sentido (fogo), propósito (ar), aprendizado (água) e método (terra) – para produzir leituras e narrativas sobre seus próprios padrões criativos. Esta sensibilidade pode desencadear e orientar a transformação de práticas, aumentar conectividade e fluxo em arranjos colaborativos e subsidiar o empreendimento de projetos autorais.

 

Ao longo da jornada, além do processo de autoconhecimento, são trabalhadas competências indispensáveis para sustentar dinâmicas colaborativas, como escuta sensível, observação ativa, presença e leitura de contexto. Também são abordados alguns fundamentos das práticas sociais reflexivas e de abordagens sistêmicas.


Círculos Criativos é voltada tanto a profissionais das áreas artística, cultural e criativa quanto a quem trabalha em outras áreas, mas deseja encontrar um jeito criativo de estar no mundo. A oficina é ideal para quem já tem uma trajetória profissional, mas está sentindo necessidade de repensar e reorganizar suas posições e práticas para gerar novas conexões e parcerias.

 

Durante o processo, são trabalhadas cinco competências:

 

1. Observar e distinguir. O que vejo, quando vejo, como vejo e o que não estou enxergando?

 

2. Ouvir e compreender. Como o outro expande minha percepção da realidade e de mim mesmo?

 

3. Inspirar–se, inspirar. O que me anima? O que inflama meus desejos criativos. Escolhas e não escolhas. Qual o lugar dos elementos afeto e intenção na transformação do mundo?

 

4. Criar sinergia. Ecossistema interior e o mundo ao redor. O feminino e o masculino. Limites econômicos e infinitos criativos. Os opostos não se anulam, podem gerar harmonia e transformação.

 

5. Compreender a dinâmica dos processos vivos. Evoluir do paradigma do controle para o da nutrição. Indo além das estruturas e recursos: desvelando princípios de organização e de autoprodução.

 

PRÓXIMA EDIÇÃO | 23 a 25/ago/2019

Inscrições abertas no site do Instituto Tomie Ohtake.

 

Clique aqui para conhecer a abordagem dos quatro elementos.

E aqui para ver testemunhos.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Please reload

CATEGORIAS
Please reload

TAGS

© 2018 Laboratório Sociocriativo