Paracatu inicia processo para pleitear candidatura à Rede de Cidades Criativas da Unesco


A cidade mineira de Paracatu deu início na última semana a uma ação de estruturação da cadeia produtiva do turismo e da cultura. Por meio do projeto “Paracatu cidade histórica criativa”, promovido pelo Sebrae Minas e a prefeitura, com facilitação e metodologia do Laboratório Sociocriativo, serão realizadas atividades para gerar mais engajamento entre as pessoas e garantir uma visão sobre o desenvolvimento urbano sustentável, a partir da diversidade cultural do município. A ideia é qualificar o ecossistema criativo da cidade de maneira colaborativa, a fim de viabilizar a candidatura à ‘Rede de cidades criativas’ da Unesco - Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura.


Cerca de 40 lideranças de diversos setores do município participaram de um workshop, na Casa de Cultura. Após uma palestra de apresentação, foi criado um grupo indutor que irá inspirar e estimular atores de toda cadeia produtiva local, em especial o da gastronomia.


De acordo com o consultor em processos sociais criativos, André Martinez, o objetivo é trilhar um caminho de qualificação da cidade como território criativo. “Achei admirável a capacidade de articulação e mobilização de Paracatu. Contamos com um grupo bastante diverso e temos um conjunto de circunstâncias e fatores promissores e oportunos para o desenvolvimento deste trabalho”.


Ao longo de 2022, serão organizados seminários e oficinas com intuito de identificar os ativos criativos da cidade, desde repertórios, patrimônio, associações, grupos, e tudo que possa demonstrar o potencial da cidade para o desenvolvimento sustentável a partir da criatividade.


Clique aqui para ler matéria completa da Agência Sebrae de Notícias.

CATEGORIAS
TAGS